20 maio 2018

Festa X Pouco dinheiro.Há solução!

Como decorar e organizar uma festa de aniversário gastando pouco é a pergunta que me vem sempre que alguém aqui em casa faz anos.

Fazer ou não fazer festa? Ou melhor, fazer a festa fora(cinema e pizza) ou em casa? Que dúvida cruel, não?! 
Vamos pensar numa outra possibilidade e juntar o útil ao agradável: montar uma festinha linda e criativa em casa ou no jardim e gastando super pouco, que tal?  Esta ideia é perfeita para quem não quer um festão, sonha em deixar a decoração encantadora e com pouca verba. Se você pretende organizar a festa, veja várias ideias lindas, baratas e fáceis de fazer:

A mesa é um dos elementos principais para a mesa ficar linda! Toalhas de mesa, bandejas, flores e outros elementos decorativos vão ser fundamentais! 
Veja as ideias :


Para fazer as árvores de doces para enfeitar a mesa,veja esse VIDEO.







Fica sempre lindo no meio da mesa um bolo de gomas,veja algumas ideias clicando AQUI

Garrafinhas de agua personalizadas,cones com smarties,gomas ou pipocas ficam lindos na mesa
Parede
Uma parede decorada atrás da mesa completa a decoração. Você pode fazer a decoração com papel, tecido, balões, banderinhas, entre outras várias ideias.
pratos coloridos e correntinhas de papel
fotos,fitas e balões

Bebidas

Para deixar a festa com a sua cara, rótulos ou etiquetas nas bebidas com o tema ou cores da festa faz logo a diferença! Abaixo tem uma ideia de como fazer, ou se preferir, no site Fazendo a Nossa Festa tem vários modelos lindos, prontos para imprimir.Mais modelos AQUI ,AQUI e AQUI



Improvisos para decorar
Vaso de cerâmica e pratinho + pote de vidro + bolas de madeira ou esferovite + tinta spray

taça colorida,smarties e chupas


E para terminar esse post que já vai longo,as plaquinhas para fotos.No Brasil estão fazendo sucesso e são bem fáceis de fazer.Veja algumas :






Veja como fazer as contas para não sobrar nem faltar comida clicando aqui










19 maio 2018

Choque cultural

Eu venho de férias ao Brasil e é inevitável...tenho choque cultural! 


Sério, parece brincadeira ou frescura, mas juro que não é!

Quando os amigos começam a perguntar “E aí, como é por lá?” A conversa começa  e segue até o momento em que, sem nem me dar conta, menciono alguma  particularidade do “velho mundo” que, aos nossos olhos de brasileiros, parece  coisa de outro mundo.
É curioso (e, confesso, divertido) contar alguns aspectos próprios da cultura  e da vida europeias, vendo a cara do pessoal. Algumas vezes, pensam que estou  mentindo mesmo!"Isso não existe!”
Mas existe! Para ilustrar, resolvi fazer uma lista das coisas que considero  
absolutamente comuns na minha vida diária, mas que para nós, nascidos neste  
país-tropical-abençoado-por-Deus-e-bonito-por-natureza-mas-que-beleza, parecem  saídas de histórias de ficção científica. Vejam:

1 – POSTO DE GASOLINA SEM FRENTISTA


É eu mencionar isso, e meus amigos brasileiros ficarem de queixo caído. “Como  assim?! E quem coloca a gasolina?! E como paga?! E se o maluco fugir sem  pagar?! E se explodir a P%&$# toda?!” 

Vou esclarecer : é claro que existem postos de gasolina com  frentista na Europa. A questão é que além desses tradicionais há aqueles em  que ficam lá só as bombas de combustível e você tem que se virar, meu amigo.


Mas tem um detalhe: o preço do combustível é sempre mais barato nos postos  self-service. A razão é óbvia: sem frentista o dono do posto tem menos  despesas. Se tem menos despesas, os custos diminuem. Se os custos diminuem, os preços caem. E assim “Deus abençoa o capitalismo"!

Abastecer sozinho o carro é bem simples, basta saber ler e raciocinar  logicamente. 
Durante o dia, é comum que as lojinhas dos postos (quase todo posto tem uma  lojinha dessas de conveniência) estejam lá para receber o pagamento. Aí, se  você preferir, pode primeiro abastecer e depois pagar directamente no caixa.
“Mas o maluco pode abastecer e fugir sem pagar!” Pode. Se ele for um turista  vagabundo, beneficiário do Bolsa-Família . Mas não se enganem: há câmeras em  todos os postos, e a polícia será avisada da sua “brincadeirinha”…Não me  lembro nos últimos 22 anos de ouvir falar de alguém abastecer e não pagar.

2 – SISTEMA SELF-CHECKOUT NOS SUPERMERCADOS.


Estranhou posto de gasolina sem frentista? Pois agora imagina um caixa de  

supermercado sem a funcionaria. Impossível? Ficção científica? Fringe? Não,  amigos. Isso é muito comum lá "nazorópa".


Funciona exactamente como um caixa normal, a diferença é que você faz a leitura  dos códigos de barra dos produtos no lugar de um funcionário do supermercado.  Entra, pega seu carrinho, junta suas compras e, na hora de sair, vai passando  um produto de cada vez no leitor óptico, enquanto o computador  soma o valor.

No final, basta escolher se vai pagar em cartão ou dinheiro, e pronto! A  máquina termina o processo de pagamento e você vai para sua casa muito mais  rápido, afinal o ser humano é um animal preguiçoso e a maioria das pessoas  prefere encarar as filas dos caixas onde estão as tiazinhas contratadas pelo  

supermercado, a fazer o trabalho pessoalmente.

Pronto,lá estão pensando de novo “mas devem roubar muita coisa!"Vocês aqui só  pensam nisso? Sim, claro que dá pra roubar os produtos. O que impede que isso  aconteça é o caráter da galerinha, educada em – como direi? – “Outros  padrões”… Sem falar que os vigilantes podem a qualquer momento desconfiar das  caras , e obrigá-los a mostrar as compras. Aí, quem bancou o espertinho vai  dormir na cadeia, hehehe.


3 – EMBALADOR DE COMPRAS?! O QUE É ISSO?


Lá na Europa (e acho que em algumas cidades maiores e mais desenvolvidas do  Brasil, também) simplesmente não existe mais a figura do embalador de compras.  

Você vai no supermercado, escolhe o que quer levar, passa no caixa (o  tradicional, ou o do sistema self-checkout) e, depois, cuida de embalar suas  tralhas! Ninguém vai fazer isso por você, e o próximo freguês também tá com  pressa!
O que a gente faz lá é já ir embalando as compras tão logo a menina do caixa  vai passando , de modo a agilizar o processo todo. Aí, quando chega a hora  de pagar, os produtos já tão todos dentro das sacolas. 

4 – QUER SACOLINHA PARA AS COMPRAS? TEM QUE COMPRAR!



Para desencorajar o uso das  sacolas plásticas de supermercado, a  galerinha decidiu cobrar por elas – o que, convenhamos, é um lance de gênio!  
Aí, ou você compra cada sacolinha por cinco centavos de euro, ou se vira e  passa a usar aquelas reutilizáveis.

“Ah, só cinco centavos?!” Pois é, só. Imagina quem precisa ir no supermercado  toda semana, comprando umas dez-quinze sacolinhas cada vez.  É por isso que todos os nativos usam as sacolas  ecologicamente corretas (que eu prefiro chamar de economicamente corretas,  afinal salvam os nossos bolsos…). No sábado eu vou a feira e levo um carrinho como esse da foto, em compras grandes escolho o supermercado que não cobra o  saquinho,e em compras pequenas,levo meu proprio saco.Essa é a minha solução.


6 – VOCÊ JOGA PAPEL HIGIÉNICO NO LIXO? SEU PORCO!


Aqui uma coisa que pode parecer muito insignificante, mas chama a atenção de  quem vai à Europa pela primeira vez: papel higiênico usado deve ser jogado no  vaso,(sanita) não na lixeirinha. Na maioria dos lugares, aliás, nem lixeirinho perto  do vaso existe! Li um dia desses o seguinte “O mundo está dividido em duas  partes: a que tem sistema de esgotos que permite jogar o papel higiénico na  

privada, e a que não tem. E, desculpe a intimidade, mas no mundo com sistema  de esgotos que permite, se considera muito nojento jogar papel usado no lixo."

7 – ÓNIBUS SEM COBRADOR.



Pois é, a pessoa compra o bilhete (ou um cartão onde coloca créditos para um  dia, uma semana, um mês, um ano…), entra no ónibus  se dirige até uma das  maquininhas que ficam dentro do veículo e tasca o bilhete dentro (ou passa o  cartão na frente do leitor óptico). Pronto, simples assim.

E, sim. Eu sei que com a mente criminosa de vocês, estão todos pensando algo  como “nossa, mas assim fica fácil de viajar sem gastar a passagem”. Verdade,  dá pra neguinho subir no ónibus  não inserir o bilhete na máquina e viajar de  graça.
 Mas isso é ser desonesto, meus caros. E aí voltamos pro que já falei  antes: os valores lá não são como cá… A arte do “jeitinho” e do “sou esperto e  passo os outros pra trás” são instituições brasileiras que não imperam no  primeiro mundo. Por isso eles são o que são, e nós somos o que somos…

8 – NOTA FISCAL PARA TUDO.

“Ah, mas isso é lei no Brasil também.” 

Sim, mais uma dessas leis que, como se diz por aqui, “não pegou”… O que faz a  coisa lá ser tão diferente, é que todos os vendedores imprimem a nota (ou o  cupom) fiscal sempre, sem nunca perguntar se o cliente quer. Eles sabem que é  lei, portanto cumprem. Que maravilha, heim?
Você entra no bar e pede um café, paga um euro e a vendedora vai lá, imprime  seu cupom fiscal e larga ele no balcão, na sua frente. Aí, se na hora de sair  você virar as costas e esquecer o cupom lá, ela te chama só pra lembrar que é  preciso ficar com ele. Pedir factura não custa nada e faz com que haja mais justiça fiscal.Mais imposto cobrado gera um aumento das receitas. Se os prestadores de serviços contribuirem com as suas obrigações fiscais, menos os consumidores finais pagarão de impostos. 
 Pedir factura, é o primeiro passo para que exista maior equidade fiscal.Cada vez que for ao restaurante, ao posto de combustível, ao mecânico, ao cabeleireiro, ao supermercado, a uma loja de roupa e por aí fora, os rendimentos que advêm das suas compras mais facilmente serão tributados.Aqui isso funciona.

9- CARRINHO NO SUPERMERCADO/AEROPORTO? TEM QUE PAGAR!


Sim, precisa pagar mesmo. Mas é só um empréstimo: você deposita uma moeda,  pega o carrinho, usa pro que precisa e, ao final, devolve. Aí, quando devolve,  pode pegar sua moeda de novo. Na verdade, é mais como uma consignação…

O curioso é que isso é algo tão distante da realidade brasileira, que tem até  carregador no aeroporto, que pega todos os turistas brasileiros de surpresa.  
Uma das coisas mais engraçadas do mundo é ver o pessoal penando na tentativa  
de ARRANCAR os carrinhos dos postos de retirada, sem entender que estão  
presas...
Mais bacana que isso é quando eles finalmente descobrem o sistema, e saem no  meio dos outros passageiros pedindo “”"”"emprestada”"”" uma moedinha pra pegar  o carrinho.  
Claro que eu, como boa brasileira, sempre levo umas moedinhas a mais para socorrer meus conterrâneos . Aproveito e forço no sotaque português, pra eles  pensarem “Nossa, como são simpáticos aqui em Portugal”. 
As diferenças são muitas daria para ainda muita coisa,mais alguém lembra de grandes diferenças culturais já tão enraizadas que nem notamos tanto no dia a dia?
                          Luciana

16 dezembro 2017

Sair do seu pais não é fácil!




Nós que optamos ( por diversos motivos) por sair do Brasil não somos melhores do que ninguém, mas somos diferentes ...Parece que a gente consegue olhar a vida de cima, como num tabuleiro. Temos mais facilidade na resolução de problemas, somos desapegados ao que é material, não damos bola para o carro do ano, nossa vida cabe numa mala. Nossos filhos são mais independentes.Fomos forçados a aprender a aguentar a porrada, nosso coração criou uma espécie de capa protetora que nos permite viver longe de quem amamos e seguirmos em frente.
Parece fácil, mas imagine que nós não temos aquele almocinho feito pela nossa mãe há muito tempo e que, geralmente, sentam-se à mesa conosco pessoas que acabamos de conhecer....

Ao morar fora nós criamos laços fortes com outra cultura e costumes, estilos de vida, e passamos a nos distanciar de outros que tínhamos. Morar no exterior é escolher uma coisa e abrir mão de outras tantas. Aniversários, casamentos,formaturas nascimento e infelizmente mortes de pessoas queridas estaremos longe. Escolher sair da zona de conforto não é pra fracos!
Mesmo as tarefas simples da rotina se tornam grandes missões. É como voltar a ser criança e reaprender a falar, ler e escrever. No Brasil você era diretora de uma empresa, com um currículo de dar inveja, morava no lugar tal, frequentava lugares assim e assado. E agora? E no novo país? Independente de qual seja a sua situação, de uma coisa você pode ter certeza, você vai ser obrigado a RE-CO-ME-ÇAR. E para isso, sem a menor dúvida, precisará ser muito mais humilde.
Por fim uma dica:
Não faça amizades apenas com brasileiros.
Um exemplo meu: Nasci e cresci em Natal e conheci aqui fisioterapeutas do Rio Grande do Sul, arquitetas de São Paulo, administradores de Minas Gerais, psicóloga do Rio e jornalistas do Ceará. Quando eu teria chance de ter contato com essas pessoas no Brasil? Na pousada que minha mãe tinha.Durante anos convivi com pessoas de todo o mundo. Essa troca pode ser muito interessante, porque se você não teve oportunidade de conhecer tantas pessoas dentro das várias regiões do nosso país, pode ter agora essa chance. 
Por outro lado, com o tempo e a convivência você vai notar que existem também pessoas que a única coisa que você tem em comum é a capa do passaporte, e não necessariamente porque vocês dois estão aqui passando pelas mesmas coisas – estudando, trabalhando juntos, morando no mesmo bairro ou parte de um mesmo grupo – que vai rolar uma “química” e afinidade entre as pessoas.A partir do momento que você se limita a conviver somente com as pessoas que são familiares para você, perde-se uma incrível oportunidade de sair de uma coisinha chamada zona de conforto. Ao conhecer mais de outras culturas você cresce muito enquanto pessoa.Você poderá conhecer comidas, sabores, costumes, formas de fazer as coisas que você nunca imaginou que existia. Não mude para outro país para continuar vivendo o Brasil lá, você estará perdendo uma das maiores e mais ricas oportunidades da sua vida.

12 novembro 2017

Destralhar a casa em 15 dias,parte 2

Te entendo se você acha que 15 dias é muito tempo. 
Mas pensa comigo: a tarefa de desapegar das coisas, de tudo de uma vez, não parece grande demais? Às vezes parece tão grande, mas tão grande, que desistimos antes de começar, tipo não vou conseguir fazer tudo mesmo, então nem vou começar. 


Pode ver aqui os primeiros 7 dias desse desafio





Dia 8

Brinquedos:  Existem várias maneiras de envolver as crianças na doação de brinquedos – verifique o que funciona melhor na sua família, e se possível, leve as crianças quando for doar os brinquedos. Pode ser uma experiência transformadora pra vocês.
Tenha grandes cestos ou caixas plásticas para organizar os brinquedos. Crianças alérgicas agradecem se no quarto os brinquedos estiverem fechados para não apanharem pó.
Pode ver outras dicas aqui e aqui,basta clicar!


Dia 9


Itens de viagem: malas, necessaires e afins. Sei que muitas coisas desse tipo são caras, então não sou louca de dizer que você deve se desfazer completamente. Tire as coisas do lugar para saber quais itens você tem, e qual o estado deles. Avalie com cuidado, e se puder se desfazer de algo, encaminhe pra doação.



Dia 10
Bolsas e sapatos
Os sapatos geralmente são os mais difíceis de serem guardados, por isso vamos começar com eles:

Encontre mais espaço: a dica mais preciosa pra começar a organizar o armário é tirando todos os pares que você não usa mais, os que estão apertados, velhos ou estragados. Doe os que estão em boas condições e jogue fora os que não tem mais como usar ou arrumar. Se você não consegue se desfazer, uma dica boa pra começar a doar é olhar para o sapato e pensar quanto tempo faz que você não o usa, se sua resposta for mais de 1 ano, já separe para doar pois com certeza você não usará mais, dessa forma você vai liberar mais espaço  para os pares que realmente usa e ainda de quebra dar os que não usa pra alguém que esteja precisando.
garrafas cortadas ajudam na organização

Separe por uso: a primeira dica na hora de separa-los no armário é organiza-los por uso. Deixe os que você mais usa diariamente na frente, próximo das mãos e ao alcance dos olhos



Dia 11
Bijouterias
Verifique todas,o estado de cada uma e organize. Pode ver aqui algumas dicas,basta clicar.

Encontre mais espaço: a dica mais preciosa pra começar a organizar o armário é tirando todos os pares que você não usa mais, os que estão apertados, velhos ou estragados. Doe os que estão em boas condições e jogue fora os que não tem mais como usar ou arrumar. Se você não consegue se desfazer, uma dica boa pra começar a doar é olhar para o sapato e pensar quanto tempo faz que você não o usa, se sua resposta for mais de 1 ano, já separe para doar pois com certeza você não usará mais, dessa forma você vai liberar mais espaço no closet para os pares que realmente usa e ainda de quebra dar os que não usa pra alguém que esteja precisando.

Separe por uso: a primeira dica na hora de separa-los no armário é organiza-los por uso. Deixe os que você mais usa diariamente na frente, próximo das mãos e ao alcance dos olhos. Outra dica na hora de separa-los é: para visualizar um número maior de sapatos quando organizá-los na prateleira, coloque um par na frente e o outro atras, ao invés de colocá-los lado a lado. Desta forma você visualiza um número maior de calçados. Os sapatos que geralmente são usados apenas durante compromissos a noite em jantares, festas ou baladas, podem ser deixados logo acima ou abaixo dos de uso diário.



dias 12,13 e 14
Guardei o melhor para o final, e foi de propósito. Roupas e itens do tipo são as mais difíceis de desapegar, mas se você cumpriu o desafio até aqui, tenho certeza que já viu os benefícios no resto da sua casa e vai ter energia e disposição de sobra pra chegar até o fim. Livre-se do que é velho e gasto, e abra espaço para o novo!
Os três últimos dias são inteiramente dedicados ao seu guarda-roupas ou closet. Divida-os como achar melhor: um dia para camisas, camisetas e blusas, outro pra calças, saias, shorts, e o último para vestidos e roupas de banho, por exemplo. Ou divida por setores do seu armário, o que funcionar melhor pra você. 
Pode encontra dicas AQUI e aqui uma listinha de perguntas que vão facilitar na hora do desapego 


Dia 15 e ultimo!

Decoração festiva: Natal chegando, e eu sei que você tem pelo menos um conjunto de pisca-pisca que não funciona mais porque queimou uma lâmpada, e você não sabe qual.
 Lixo. 
Enfeites de Natal que você não curte muito, lixo. 
coisinhas de halloween que já não assustam, lixo. O Papai Noel que rebola e canta você pode guardar. Ele é bonitinho.


Sua casinha deve estar um brinco! Tudo no lugar e é hora de sentar e aproveitar.Tenho certeza que, se você realmente quiser, ao final dos 15 dias você vai mudar sua casa pra melhor.

Deixo esse filme com imagens para se inspirar! 




 Quero ver todo mundo postando o progresso no Instagram, usando a hashtag #destralharem15dias 


E não se esqueça de compartilhar o desafio no Facebook, no Instagram, sinal de fumaça, qualquer coisa tá valendo – quem sabe você não anima seus amigos, família, colegas de trabalho a transformarem suas casas também?


11 novembro 2017

Destralhar a casa em 15 dias




Te entendo se você acha que 15 dias é muito tempo.
 Mas pensa comigo: a tarefa de desapegar das coisas, de tudo de uma vez, não parece grande demais? Às vezes parece tão grande, mas tão grande, que desistimos antes de começar, tipo não vou conseguir fazer tudo mesmo, então nem vou começar.
Por isso, vamos fazer tudo com calma. Uma coisa por vez, um bocadinho por dia. Vamos começar agora, e antes de chegar o NATAL tudo vai estar pronto. Já pensou que beleza, chegar no final do ano com sua casa destralhada? Hoje deixo aqui a primeira semana dessa tarefa.

Dia 1

Preparação: no primeiro dia, você vai se preparar – e preparar os outros – psicologicamente para os próximos 15 dias. Junta o pessoal da sua casa na hora do almoço ou do jantar, manda no grupo da família, sinal de fumaça, qualquer coisa: a galera precisa saber que, nos próximos 15 dias, o bicho vai pegar. Se todos estiverem envolvidos, melhor ainda porque o trabalho vai ser muito mais rápido; se não, mantenha o foco no que você pode fazer. Depois que você tiver terminado, tenho certeza que os outros vão se inspirar!

Comece hoje pelo banheiro. Veja a validade dos produtos de higiene, jogue fora aquela meia dúzia de shampoos que estão no fim, aquelas escovas e pentes que você não usa mais, enfim – esses dois dias são pra você revirar seus banheiros de cima a baixo. Aproveite pra ver se você está guardando alguma coisa que não deve no seu banheiro – veja mais dicas nesse post aqui,basta clicar e aqui também

Dia 2
(escritório,mesas e papeis...)
Sabe aquela gaveta cheia de coisas e coisinhas? É hora de encarar. Dê um fim nos clipes enferrujados, canetas que não funcionam mais, todo tipo de material de escritório ou estudo que você não use mais.Facilite a limpeza da sua casa e destralhe todas as superfícies das mesas. Quanto menos coisas sobre as superfícies, mais fácil é pra limpar.
 Relembre por quanto tempo você deve guardar seus documentos, e mãos à obra. Fica aqui o link para saber o que arrumar e o que deitar fora.

Dia 3
Se você não tem animais, pode usar esse dia como continuação do anterior. Se tem, é hora de rever brinquedos, bugigangas, roupinhas,escovas e afins do seu animal de estimação.

Roupas de cama/banho
 Lençóis furados, fronhas de travesseiro sem par, toalhas rasgadas – se você puder doar, tenho certeza que serão muito bem vindos a qualquer pessoa ou instituição que precise. Lembre-se, o desafio do desapego não é apenas desapegar por desapegar: faz bem pra sua casa, pra você, e para os outros.


Dia 4
Despensa
 Aproveite pra tirar tuuuudo de dentro da sua despensa ou armário de cozinha onde você guarda alimentos, pra limpar prateleiras e colocar em prática um inventário de despensa. Verifique a validade dos mantimentos, jogue fora o que estiver vencido, e organize o restante no espaço já limpo. Aqui pode ter uma listinha para a despensa
Frigorifico e arca: assim como na despensa, tire tudo de dentro  (se precisar, tire o equipamento da tomada), e jogue fora o que estiver vencido, assim como sobras de comida que você não sabe quando foram guardadas. Pra limpar a geladeira e o freezer por dentro, um pano macio embebido em uma misturinha de água com um pouco de bicarbonato de sódio deve resolver. O vinagre tambem elimina cheiros-


Dia 5
Potes de cozinha: reza a lenda que cada meia perdida vira uma tampa de pote de cozinha. Mas hoje você vai combinar todos os potes com suas tampas e todo mundo que ficar sem par… não necessariamente precisa ir para o lixo. As tampas sim, mas os potes você pode guardar até o final do desafio. Eles podem servir pra organizar algum espaço que precise.
Utensílios de cozinha: chegou a hora daquela outra gaveta. Aquela segunda, terceira gaveta da sua cozinha. De quantas colheres de pau você precisa? Quantas peneiras? E pegadores de macarrão? Desapegue geral e veja sua gaveta se transformar.


Dia 6


O carro!
Pegue um saco de lixo, entre no seu possante e verifique todos os compartimentos – porta-luvas, portas, perto do câmbio, porta-garrafas, porta-malas, em baixo dos bancos (ou sobre os bancos!). Jogue fora o que precisar, e organize o restante, de preferência fora do seu carro e no lugar correto. Pode ver aqui dicas para limpar o carro,basta clicar


Dia 7 e quase metade arrumado!
(aplicativos,pc,filmes e fotos...)
  Hoje você vai passear pelos seus aplicativos e deletar o que não usa mais.
Faça uma limpeza nos programas que você não usa mais, e se conseguir, também nos seus arquivos. Aposto que tem arquivos aí que você nem sabia que tinha – isso é um bom sinal de que você não precisa mais deles.
 DVDs que você não assiste há anos porque tem Netflix, aqueles jogos de um videogame que está encostado faz tempo, jogos de tabuleiro que estão juntando poeira ou jogados no fundo de um armário – fim neles.
Fotos físicas e virtuais: primeiro, salve no computador as fotos que estão no seu celular, e apague-as do celular. Mergulhe nas fotos, apague ou rasgue as repetidas, aquelas que não trazem boas lembranças, e mantenha apenas o que te traz alegria.


Amanhã posto os outros dias!Quero ver todo mundo postando o progresso no Instagram, usando a hashtag #destralharem15dias

02 novembro 2017

Uma lista para programar o Natal




É oficial.
Entrei no clima de Natal!
Ooohhhhhh meu Deus !! O NATAL!!!! 
Eu realmente amo o Natal . Acho que desde sempre. Para mim, todo o mês de Dezembro é apenas mágico. Eu amo a união da família, o frio, tempo , a comida , a música a lareira , a fornada  de biscoito saindo do forno  , os filmes ,as pessoas rindo ; os presentes . 
Eu amo as pessoas que  fazem uma pausa longa o suficiente para serem gentis com elas próprias,pensando já no recomeço do ano.
Quem segue o blog sabe que eu tenho uma "panca"com listas. 
Faço lista para tudo!
Claro que não poderia faltar uma lista que me ajude a organizar o Natal,e  mesmo assim,só quem for mulher vai entender e dar valor a esse excesso de planeamento,afinal eu quero estar viva na passagem do ano!
Não deixe também de ir clicando nos diversos links espalhados pelo post  como esse AQUI com umas decorações para a sua porta.



Para fazer no meio de Novembro
- Coloque todas as atividades em um calendário. 
Se você marcar  festas de escolas, do seu trabalho,do trabalho do marido,do grupo de amigos etc.num calendário vai facilitar a sua vida. Mantenha essa lista em lugar bem visivel e se alguém o convidar  para um evento, você saberá a resposta imediatamente.Muitos grupos se reúnem em Dezembro e com planeamento você vai conseguir! 

-Comece a fazer coisas que pode congelar. 
Biscoitos , pães de nozes ,alguns doces... devidamente embalados estarão perfeitos!

-Faça uma lista de presentes 
Certifique-se de listar todos que ganharão alguma coisa.Com antecedência e preparação é possível dar uma lembrança a quem é especial de alguma maneira para você!  
 Se tem filhos pequenos(minha experiência com os mais velhos é que preferem dinheiro dos pais) faça com eles a cartinha ao Pai Natal.

-Faça um orçamento. 
Defina um valor aproximado de quanto você pode gastar em presentes.Vá por mim, vai ajudar você a ficar ligada à terra ...Eu normalmente faço primeiro a lista das pessoas,assim quando chego ao orçamento posso ver quem ganhará um pequeno cabaz com coisas feitas em casa.Pode ver algumas sugestões AQUI e AQUI.

-Comece as compras de Natal a sério. 
Mesmo que já tenha visto coisas aqui e ali,  comprar com antecedência será melhor.Terá tempo para escolher as coisas pensando nas pessoas...Terá tempo para escolher, para pensar, para reunir opiniões, etc
Faça agora as suas compras online. Elas chegarão a tempo para serem embaladas. 

-Faça um balanço de suas decorações. 
Veja as suas luzes, enfeites, guirlandas e ornamentos de jardim. Veja se algo está quebrado e precisa ser substituído. É hora de uma atualização? Agora é a melhor época para comprar com calma o que precisa.
Faça um balanço de pratos e copos,principalmente se a festa for na sua casa.
Verifique se você tem tudo que vai precisar. 


Três semanas antes (primeira semana de Dezembro)


-Compre uma árvore viva. 
Este é um bom momento para arrumar sua árvore, se você quiser que ela fique fresca e mantenha suas agulhas durante o Natal.No ano passado comprei na Tapada de Mafra bem mais barato que nas lojas e ainda vale pelo passeio.

-Decore! 
Entre no espírito da época,arrume a sua casa.Ponha musicas de Natal nessa hora,eu sei que mais alguns dias já não vai conseguir ouvir um "jingle bell",então aproveite! Encontre ideias de decoração AQUI

-Finalize menus. 
Se você vai estar servindo a refeição , verifique se você sabe o que você vai cozinhar e o que os membros da família trazem.



Duas semanas antes (segunda semana de Dezembro) 


Vai enviar presentes para outro lugar?
Tente que estejam no correio até o dia 10. 
Continue cozinhando tudo o que vai oferecer.Se for mandar coisinhas para a escola dos filhotes,deverá ter tudo pronto antes das férias!

Uma semana antes 

-Limpar a fundo a sua casa.
Você vai desfrutar as decorações ainda mais se o chão estiver limpo e a cozinha  organizada. Uma tarefa importante: limpe a sua geladeira. Fora com os restos  para dar lugar a grandes pratos e ingredientes que chegam...

-Compre pilhas para brinquedos infantis. 
Se você não tiver abastecido durante as compras de Natal, verifique se você tem todos os apetrechos necessários para o jogo de vídeo portátil ou de carro de controle remoto...


-Três dias antes 
-Hora de comprar ingredientes frescos. 

-Arrume a mesa. Já que está guardando as taças vermelhas para usar uma noite do ano,vá em frente e ponha logo a mesa!Vai poder ainda ter a visão da perfeição antes do grande dia!

Dois dias antes 

-Começar a cozinhar
Você provavelmente já terá guardado algumas coisas no congelador ,mas hoje já pode fazer alguns doces.Temperar a carne...

-Compre flores frescas. 
Sejam eles para uma festa ou uma refeição em família, flores frescas devem sempre ser compradas com dois dias de antecedência. Flores precisam de tempo para abrir, e vai ver que elas estarão mais exuberantes e perfumadas. 


O dia antes 
Recarregue as baterias de sua maquina fotográfica ou gravador de vídeo. 
Você não quer perder a reação no rosto de cada um, porque a bateria acabou durante a festa da escola na semana anterior. 

Sente-se e relaxe. 
Desfrute de sua família e amigos ,vai ver que será tudo perfeito!



28 setembro 2017

As conchas na decoração

No inverno tinha numa taça algumas pinhas que passei spray prateado. Com a primavera chegando guardei as pinhas e substitui por conchas, algumas compradas outras que vão sendo apanhadas. Deixo aqui algumas sugestões para as suas...







As minhas

27 setembro 2017

Boi português não tem picanha?





Isso é uma coisa que me intriga...porque é que a picanha existe na vaca brasileira e desapareceu em combate na vaca portuguesa?

Consigo comprar aqui picanha da Irlanda,da Argentina,do Brasil,até da Nova Zelândia  comprei!Será que os talhantes aqui ao cortar o bicho ficam com a picanha para eles?
Vejam bem como as coisas mudam!







Aqui deixo as recomendações para cada corte:
Aba de filé: Corte de segunda. Boa para hambúrgueres e croquetes.
Acém: Corte de segunda. Boa para bifes de panela, ensopados e assados.
Alcatra: Corte de primeira. Boa para assados, grelhados, bifes, refogados e picadinhos.
Braço (ou paleta): Corte de segunda. Boa para cozidos, caldos, ensopados e molhos.
Capa de filé: Corte de segunda. Boa para assados e refogados.
Contrafilé (ou filé de lombo): Corte de primeira. Boa para grelhados, assados, churrascos e rosbifes.
Coxão duro (ou ponta de alcatra): Corte de primeira. Boa para cozidos, assados, ensopados, moídos .
Coxão mole: Corte de primeira. Boa para assados, refogados,ensopados e picadinhos.
Cupim: Corte de segunda. Boa para churrascos.
Filé de costa: Corte de segunda. Boa para fazer ensopados e refogados.
Filé mignon: Corte de primeira. Boa para bifes, assados, grelhados e rosbifes.
Fraldinha: Corte de segunda. Boa para assados, ensopados, moídos e caldos.
Lagarto: Corte de primeira. Boa para o preparo de assados, rosbifes, cozidos e ensopados.
Maminha: Corte de primeira. Boa para grelhados, assados e bifes.
Músculo: Corte de segunda e de terceira. Boa para ensopados, cozidos, caldos e molhos.
Patinho: Corte de primeira. Boa para assados, cozidos, bifes e molhos.
Peito: Corte de segunda. Boa para caldos, cozidos e ensopados.
Pescoço: Corte de terceira. Boa para sopas e cozidos.
Picanha: Corte de primeira. Boa para o preparo de assados, cozidos e churrascos.
Ponta de agulha: Corte de terceira. Boa para caldos, ensopados e refogados.
Rabo: Não tem classificação de corte. Boa para cozidos, ensopados e refogados. 

Olhem o corte da carne em Portugal,cadê a Picanha!!!!!



E uma listinha dos nomes:

Alho Francês - Alho Poró
Açafrão das Índias - Curcuma, Açafrão da Terra
Açúcar em pó - Açúcar de Confeiteiro
Açúcar amarelo : Açúcar de cor acastanhada, não refinado
Aguardente - Pinga
Aipo - Salsão
Alperce - Damasco
Alfazema - Lavanda
Ananas : Abacaxi
Aneto (endro) : Dill
Caril - Curry
Badejo : Abadejo
Bacalhau desfiado - Bacalhau migado
Bacalhau demolhado - Bacalhau dessalgado
Bife - Bife / Filé
Bola : Pãozinho rústico
Bolinho : Pastel
Borrego : Cordeiro, carneiro
Brócolos : Brócolis
Bulgur : Trigo para quibe
Carne picada - Carne moída
Cebolinho : Ciboulette
Chouriço : Lingüiça portuguesa
Colorau : Páprica
Cogumelos - Champignons
Costeleta : Bisteca
Costeletas de porco - Carré de suíno
Crepe : Panqueca
Cebolo - Cebolinha verde
Claras em castelo - Claras em neve
Coentros frescos - Cheiro-verde (Nordeste)
Cubo de caldo - Tablete de caldo
Côdea (do pão) - Crosta
Codornizes - Codornas
Curgete (ou courgette) - Aboborinha Italiana
Espargos - Aspargos
Esparguete - Espaguete
Empadão - Escondidinho, Torta
Entrecosto : Costela, costelinha
Erva-cidreira : Melissa, capim-cidreira
Escalope : Filé
Farinha de Milho - Fubá 
Fiambre - Presunto
Feijão-frade - Feijão fradinho
Feijão-verde - Feijão Vagem
Fermento padeiro : Fermento biológico fresco
Gambas - Camarão Grande
Gelado - Sorvete
Gnocchi : Nhoque
Grelo : Broto, rebento, rama...
Ketchup - Catchup
Leite magro - Leite desnatado
Leite gordo - Leite semi desnatado
Leite gordo : Leite integral
Lombinho de novilho : Filé mignon
Massa - Macarrão
Molho de Soja - Shoyu
Molho picante, molho de piri-piri : Molho de pimenta
Mozzarella - Mussarela
Natas - Creme de leite
Oregãos - Orégano
Óleo de Palma - Azeite de Dendê
Pá de porco : Paleta de porco
Paio - Lombo defumado
Pão de véspera - Pão amanhecido
Pão pita - Pão sírio
Pão ralado - Farinha de rosca
Panar : Empanar
Pastel : Bolinho
Paté : Patê
Perna (porco, borrego) : Pernil
Pescada : Merluza
Pimentão doce : Páprica
Piri-piri - Pimenta Malagueta
Pinhões - Pinoles
Papel Vegetal - Papel manteiga
Passa de uva - Uva passa
Pimenta preta - Pimenta do reino
Pimentos - Pimentão
Palitotos de la reine - Biscoito champagne
Queijo creme - Requeijão cremoso
Queijo flamengo - Queijo prato
Presunto - Presunto defumado ou Presunto de Parma
Raia : Arraia
Rissóis - Rissoles
Sandes : Sanduíche
Sésamo : Gergelim
Sumo : Suco
Sultanas - Uva Passa Branca
Sumo - Suco
Tarte - Torta